next in group

A UIKA nasce de um sonho coletivo no meio da floresta amazônica, de um desejo enorme de ver amazônidas protagonizarem suas próprias histórias e compartilharem com o mundo nossos saberes e fazeres pela perspectiva de alguém que nasceu e cresceu aqui e que por meio do turismo, podemos fazer quem é de fora entender que essa não é só a maior floresta tropical do mundo, mas também a nossa casa.

Por aqui desenvolvemos e co-criamos turismo de experiência com populações tradicionais e empreendedores da economia criativa da Amazônia em prol da floresta valer mais em pé. Conectando você com o que há de mais autêntico na Amazônia, entre as nossas cidades e a floresta profunda.

How we do?

Creativity & Intellectual Capital

There is no place in the world that lacks any historical, social, and cultural characteristics that cannot be productively mobilized for its socioeconomic development.

e O que significa UIKA?

 UIKA  é uma palavra que se origina da língua indígena  kambeba  e se escreve originalmente como  "WYK"   e significa "um habitante da fronteira, que vive em um lugar aonde se pode ver os dois mundos, mas olha rumo ao desconhecido". Em outras palavras, UIKA significa viajante.

A história por trás desse nome é muito interessante, porque essa empresa que hoje se chama UIKA funcionou por alguns meses sem um nome pra chamar de seu. Isso porque seus fundadores queriam ser batizados e não apenas escolher um nome, como as crianças indígenas, que têm seus nomes escolhidos pelos avós ou pais depois que a sua personalidade fica mais definida.

E nós tivemos a sorte de termos sido batizados durante uma trilha na floresta, onde nossa fundadora realizava  uma consultoria em turismo comunitário, na comunidade indígena Três Unidos, a 60 km de Manaus no Rio Cuieiras. O responsável foi um jovem kambeba , chamado Muipiruata, que nos disse que a origem do seu nome vinha do seu espírito artístico e engraçado.

 TIME UIKA

Camila Couto de Matos.jpeg

Camila Matos

  • LinkedIn Camila Matos

Camila é empreendedora social na UIKA - Experiências e Turismo Comunitário, onde desenvolve e co-cria turismo de experiência com populações tradicionais e empreendedores da economia criativa na Amazônia, em prol da floresta valer mais em pé. É Amazônida, filha e neta de paraenses, mas manauara raiz. É de humanas desde sempre, se formou em Turismo, Design e Gestão de negócios. Possui o título de Liderança em desenvolvimento sustentável pela SDSN Amazônia e Fundação Amazônia Sustentável. É viciada em viagens, séries, boa comida e apaixonada por outras culturas.

Atua como consultora e mentora de negócios sustentáveis e turísticos na Amazônia.

Breno dos Santos Alves.jpeg

Breno Alves

  • LinkedIn Breno Alves

Gerente administrativo financeiro da UIKA, Breno é natural de Santarém. É estatístico por formação, cientista de dados, pesquisador e entusiasta da programação, inteligência artificial e também da boa comida e música.

Teve experiências no terceiro setor, atuando na Fundação Amazônia Sustentável, participando de projetos como o "Observatório da Educação" e o Programa Bolsa Floresta,  onde foi responsável pela gestão de indicadores das cadeias produtivas assistidas pela FAS no Amazonas.

No mercado privado, apoiou no desenvolvimento de projetos de Bussiness Analytics (BI) e Machine Learning  na Oracle do Brasil Sistemas, sediada em São Paulo/SP. 

Atualmente, é  Gerente de Dados na Infostore e também consultor em tendências de mercado e novos negócios.